23 fogos activos ao final da tarde

Em Portugal continental estavam em curso 23 incêndios às 19h20 de hoje, segundo informações da Autoridade Nacional de Protecção Civil

O incêndio que mais meios mobiliza corresponde a um reacendimento, ocorrido às 17h19 horas, em Brejos da Carregueira, concelho de Alcácer do Sal, a mobilizar 215 bombeiros, 66 veículos e um helicóptero bombardeiro pesado.

Foram dados como dominados os fogos que lavravam em Cima, Viana do Castelo, Quinta Galvã, Coimbra, e em Palas, Bragança. Os de Rebordões, Santo Tirso, e Lugar da Portela do Souto, Penafiel, já estão extintos.

Outros incêndios cujo combate mobilizam mais de cem bombeiros são os de Pataias, Alcobaça, e Rebordelo, Santa Maria da Feira.

O primeiro conta com 125 operacionais, apoiados por 34 veículos, dois helicópteros – um de ataque inicial e outro bombardeiro pesado – e um avião de ataque inicial e o segundo com 114 operacionais, 29 veículos e um helicóptero bombardeiro pesado.

O distrito de Aveiro é o que tem mais fogos activos, a saber, em Serém, Águeda (floresta), Rebordelo (floresta), Vila Cova Perrinho, Vale de Cambra (floresta), Covais, Oliveira de Azeméis (floresta), Ermida, Sever do Vouga (floresta), Lugar das Ribeiras, Oliveira de Azeméis (floresta), Lendiosa, Mealhada (floresta), Fontão, Albergaria-a-Velha (floresta) e Rua do Castro, Santa Maria da Feira (floresta). O distrito de Viana do Castelo surge com quatro fogos, em Grijó, Arcos de Valdevez (mato), Carvoeiro (floresta), Castelo (floresta) e Cima, Caminha (mato).

Em Viseu estão três fogos activos em Sejães, Oliveira de Frades (mato), Soutinho, Oliveira de Frades (mato) e Cabanas de Viriato, Carregal do Sal (floresta). Coimbra tem fogos em Quinta Galvã, Oliveira do Hospital (floresta) e Forcado, Vila Nova de Poiares (floresta) e o Porto em Bouça, Lousada (mato) e Alfena, Valongo (mato). Os distritos com apenas um fogo são os de Braga (Sobradelo da Goma, Póvoa do Lanhoso, mato), Vila Real (Reboriça, Ribeira da Pena, floresta) Bragança (Palas, Vinhais, floresta) e Guarda, em Naves, Almeida, onde está mato a arder.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s